sábado, 5 de dezembro de 2015

LEMBRANÇA DE DEZEMBRO

DEZEMBRO 
outra vez -
para lembrar
o dom da família,
a voz do silêncio,
a doce mensagem
que evoca o NATAL!...

Tempo de escuta,
de delicadeza,
da clara certeza
de que o Amor
se acerca do mundo
como o bem mais profundo 
e o mais especial!...


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

POR UMA NOVA ERA...



Tempos difíceis!...
De dores individuais e coletivas!...
De valores subvertidos e subversivos!...
Faz-se necessário favorecer o silêncio reflexivo, 
para novas semeaduras!...
Que nossos olhares ganhem a força luminosa da ternura e do amor!...
E que, passo a passo, ergamos solidariamente a Era da Mansidão!...

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

AMANHECER


( Desconheço a autoria da foto)

Abro meus olhos,
sem cerimônia,
e faço um laço 
com a luz do dia...

Tudo enfim
é delicadeza;
um jeito farto
de pôr a mesa 
para a visita 
da alegria!...

sábado, 7 de novembro de 2015

"ARRIVEDERCI, ROMA!"

 

Ancora  torno in questo posto meraviglioso!

RESPOSTA



Te envio pétalas
como resposta
ao teu íntimo apelo.

Levam sementes,
que hás de plantar
pacientemente 
na alma...

( Em próximo tempo,
o nosso encontro
será jardim!...)

terça-feira, 13 de outubro de 2015

QUESTÃO DE ESCOLHA!


AINDA BEM!


CONTO PARA IMAGEM Nº 15


A MENINA DO MURO

Os dias eram cinzentos assim como o muro que contornava o seu quintal.
A menina gostava de cor, e seus olhos a queriam nos recantos de sua infância.
Não havia. O que existia era o muro. E o cinza guardado em seu concreto.
A menina buscou sementes e plantou seu sonho...
Quem a via, continuamente, rente ao chão, não imaginava o seu dom.
Dia após dia, regou a vida ali escondida até a brotação, que veio como um varal de pétalas...
A nudez do muro se vestira com a alma da menina!...


(Desconheço a autoria da fotografia)


SUGESTÃO


segunda-feira, 27 de julho de 2015

G(ESTAÇÃO)


Na ponta 
da noite
escura,
penduro
esperança
em gotas...

Vai
c
h
o
v
e
r
pelos
próximos
dias,
mas
será 
verde
a nova
estação...

domingo, 19 de julho de 2015

RECEITA DE FAZER BEM


A cada dia,
uma pá
de flores
para curar

dissabores;


empetalar

uma
a 
uma,
toda
sugestão
de bruma;

espalhar 
sementes
brandas:
de cravos,
rosas ou
lavandas,
para que,
ao invés
de gume,
a vida
seja só 
perfume...

Porque
onde 
existem
flores,
potencialmente
jardins, 
convocando
semeadores
para a construção
segura
de paisagens
afins...

terça-feira, 19 de maio de 2015

Il MIO SOGNO!...


Era apenas
uma semente
silenciosa
na terra fértil 
del mio cuore...

Reguei 
na alma,
ainda 
inocente
da distância
e dos percursos...

Hoje, o meu sonho
não está mais 
 più lontano!...

Como 
um jardim
de esperanças
infinitas,
floresce
em mim,
e traz 
de volta
a melodia
de suaves
virações!...







sábado, 2 de maio de 2015

INOCENTE...


Com
meu
olhar de
criança,
sonho
a vida
assim:

uma colheita 
espontânea
de cores
num coração 
de jardim...

segunda-feira, 13 de abril de 2015

HOMENAGEM


 A um CORAÇÃO querido,
em algum lugar do INFINITO, 
especialmente neste dia,
porque, para nosso sentimento,
em que torno a ser criança,
busco a pureza de um gesto inaugural!...

GRATIDÃO PARA SEMPRE!...

sábado, 11 de abril de 2015

SILENCIADO


Em meio às
contr(ações),
calo o tombo
no precipício
da voz.

O tempo
é medianeiro:
qual um gongo
falará por nós...

terça-feira, 24 de março de 2015

ESPERANÇANDO...


DOS ENCANTAMENTOS...


POR FALAR EM DELICADEZA...



DELICADEZA
é escolha
traçada
pelo olhar;
um suave
encantamento
que vai colhendo
POESIA
sempre,
em qualquer
lugar...

domingo, 8 de março de 2015

RESGATE

( A todos os corações femininos
que vivem de resgatar possibilidades diárias
corajosamente...)


Para que
 as brumas
 do tempo
 não calem
a luz em mim,
na ponta
da memória,
um jardim-
a prevenir 
com a cor
toda marca
de dureza. 

Porque
na vida
é assim:
todo 
instante
é resgate
de um rol
de delicadezas...



sábado, 28 de fevereiro de 2015

DÁ O QUE PENSAR!...


SÓ QUE NÃO!


REGÊNCIA


O tempo 
é um maestro
que me rege;

se, quando fora 
do compasso,
minha lucidez
se atreve
a sair da pauta,
ele me apruma
com a batuta
e impõe seu ritmo
de leve...

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

CONTO PARA IMAGEM Nº 14


Enquanto observava o tempo, dormitando entre janelas , pôs-se a ler a última carta de amor que lhe tecera encantos suaves... 
Da altura de seus sonhos, cada linha que sorvia era um bordado desfeito em permanência...

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

FANTASIA



A batucada
lá fora
faz anúncio
de folia.


Muita gente
que samba
feito bamba
faz que
brinca  
de contente
sem conhecer
alegria...

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015



CIRANDA

Vou 
de Cecília
e de Clarice.

Grudo
nos versos
de Pessoa.

"Não sou
alegre
nem sou
triste";
nem passo
a vida
à toa, à toa...

Apenas 
sou
passarinhenta,
gosto 
de vento
e de poesia;
tenho em Bandeira
a minha estrela,
e de Quintana,
a melodia.

Meu sobrevoo 
é na constância
de quem milita 
na emoção;
eu drummondeio 
com Vinícius
e faço flor 
virar canção.

Nessa ciranda encantada,
sinto que a vida me dá voz -
mesmo que a pedra do caminho
estanque a rima,
desato os nós...

CONDIÇÃO


A condição
mais nobre
que me 
imponho

é a de
ser mais
leve
que profunda;

é a de ter 
mais asas
que raiz;

a de alçar
a alma
em vez 
dos medos;

a de  escutar 
manhãs
e ser feliz!...

SILÊNCIO QUEBRADO

( Imagem de autoria desconhecida)

Após 
um
 tempo, 
cá estou
de volta
para 
encantamentos...

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...