segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

AUTOILUMINAÇÃO


ESSENCIAL É...

A cada NOVO ANO, 
repensar a própria VIDA, pois

Que estejamos abertos 
a tudo que nos torne melhores!...


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

A CADA NATAL...


 Há 
um sino
menino 
que repica
a suave 
lembrança
da esperança 
  dentro de mim...

PARA NÃO ESQUECER...


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

"A CASA EM PEQUENOS CÔMODOS"

"Zelar por cada cômodo de nossas vivências, edificando-os com calma e sutileza e, 
ao olhar para trás, contemplar uma torre de reminiscências.
Uma casa de pequenas e boas memórias."

domingo, 16 de dezembro de 2012

sábado, 15 de dezembro de 2012

ESSÊNCIA DO NATAL



O melhor da festa é esperar por ela, diz o provérbio. O melhor do Natal é ter passado por ele, sentem muitos sem dizer. É insuportável a fissura desencadeada pelas festas de fim de ano. O consumo compulsório de produtos, o apetite compulsivo de comilanças, a máscara da alegria estampada no rosto para encobrir o bolso furado, a corrida aos espaços de lazer, as estradas engarrafadas, as filas intermináveis nos supermercados, os sinos de papel envoltos nas fitas vermelhas dos shopping centers, aquela mesma musiquinha marota, tudo satura o espírito. Seria esse anticlima um castigo divino à nossa reverência pagã à figura de Papai Noel? Natal é pouco verso e muito reverso. Em pleno trópico, nosso mimetismo enfeita de neve de algodão a árvore de luzinhas intermitentes. O estômago devora castanhas, nozes, avelãs e amêndoas, quando a saúde pede saladas e legumes. Já que o espírito arde de sede daquela Água Viva do poço de Jacó (João 4), afoga-se o corpo em álcool e gorduras. A gula de Deus busca, em vão, saciar-se no ato de se empanturrar à mesa. Talvez seja no Natal que nossas carências fiquem mais expostas. Damos presentes sem nos dar, recebemos sem acolher, brindamos sem perdoar, abraçamos sem afeto, damos à mercadoria um valor que nem sempre reconhecemos nas pessoas. No íntimo, estamos inclinados à simplicidade da manjedoura. O mal-estar decorre do fato de nos sentirmos mais próximos dos salões de Herodes. (...) Mudemos nós e o Natal. Abaixo Papai Noel, viva o Menino Jesus! Em vez de presentes, presença junto à família, aos que sofrem, aos enfermos, aos soropositivos, aos presos, às famílias das vítimas de crimes, às crianças de rua, aos dependentes de droga, aos deficientes físicos e mentais, aos excluídos. Façamos da ceia cesta a quem padece fome e do abraço laço de solidariedade a quem clama por justiça. Instalemos o presépio no próprio coração e deixemos germinar Aquele que se fez pão e vinho para que todos tenham vida com fartura e alegria. Abandonemos a um canto a árvore morta coberta de lantejoulas e plantemos no fundo da alma uma oração que sacie nossa fome de transcendência. Deixemo-nos, como Maria, engravidar pelo Espírito de Deus. Então, algo de misteriosamente novo haverá de nascer em nossas vidas."


(FREI BETO. Fazer renascer o Natal - Abaixo Papai Noel! Viva o menino Jesus!. Caros Amigos. 20, novembro de 1998.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

HUMMMM!...

Há um cheirinho 
de TEMPO BOM no ar!...
É DEZEMBRO de novo! 
Época de LUZ e de 
ACONCHEGO DE CORAÇÕES!


HUMMMMMM!...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

TEMPOS BONS


Saudades
 da minha hidroginástica!...
Sinto falta... 
A água me reintegra ,
 é o meu elemento -
 por isso vivo de mergulhos
 e profundezas...

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

CURIOSIDADE

(Que a meninice continue a brincar em nossos olhos!...)


"-Você não sabe quando a gente é criança e de repente vê uma lagarta listrada?
    A moça se lembrava:
   - A gente fica olhando...
   A meninice brincou de novo nos olhos dela."

( Fragmento de um poema de MANUEL BANDEIRA)

sábado, 10 de novembro de 2012

PARA A ALMA!...

"OS MISERÁVEIS"- um musical maravilhoso e inesquecível 
a que pude assitir em São Paulo!
Músicas pungentes, às vezes; outras, suaves e sensíveis
 como esta, interpretada por THE PIANO GUYS!
Apreciem e tenham um fim de semana de paz!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

EM TEMPOS DE ESCASSEZ...

ABRACE, OLHE NOS OLHOS, 
EXPRESSE A BELEZA DE  SUA ALMA!...

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PEQUENOS ARTISTAS


( Estes" pintaram o sete"!... rsrs... )

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

DA VELHICE


Chegará o tempo em que a velhice será apenas uma condição natural da vida. 
Rugas e cabelos brancos serão recebidos com serenidade e expressão de ternura.
Nenhum disfarce ou indiferença, 
apenas o reconhecimento de uma nova plenitude:
 maior lucidez e temperança.
(Porque o Tempo existe é para bordado de essências...)

LEIA!

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

ELO

"Aquilo que ligares na Terra, será ligado no Céu."


( Não há limites de tempo ou espaço...
AMOR é ELO de LUZ para sempre!...)

UMA ORAÇÃO ...

FLOR


No amanhecer, 
abriu sua cor, 
bebeu a luz 
e, em silêncio,
 serviu de essência
 pra poesia...

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

domingo, 21 de outubro de 2012

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

UMA REFLEXÃO NECESSÁRIA...

( Porque a vida é feita de ESSÊNCIAS...)

" Os homens não têm tempo para conhecer nada.
Compram tudo prontinho nas lojas.
Mas como não existem lojas de amigos,
os homens já não têm amigos."

       Foi o que disse a raposa ao Pequeno Príncipe, num dos textos mais expressivos de Exupéry.
         Nunca este pensamento foi tão veemente quanto nos nossos dias, bem mais do que teria sido em 1943, quando da primeira edição mundial de "O Pequeno Príncipe", nos EUA. Em nenhum momento da História da humanidade compramos tantas coisas prontinhas nas lojas. Tudo está pronto: basta ligar, basta vestir, basta engolir. Tudo pronto para consumo imediato.
       Conhecer as coisas consome tempo. Gostamos do tempo do consumo e não do consumo responsável do tempo (tão necessário para a aprendizagem das coisas). A comodidade das coisas prontas e semiprontas nos levou a aceitar e até promover relações cada vez mais fluidas e descartáveis. Esta desfiguração do sentido profundo das relações humanas nos condicionou a querer pessoas prontas: o professor quer o aluno "pronto", isto é, totalmente preparado ( é o que diz, com muita propriedade, o grande  intelectual da educação brasileira, Cipriano Luckesi), o  namorado quer a namorada "pronta", ou seja, exatamente como ele deseja que ela seja; os adultos querem as crianças "prontas", quer dizer, totalmente desenvolvidas; os empresários querem trabalhadores "prontos", absolutamente impecáveis nestes tempos de reengenharia e qualidade total. Há também amigos que querem amigos "prontos". Mas não há lojas de amigos, nem de namorados e namoradas, nem de maridos e esposas, nem de professores e alunos, nem de pais e filhos.
       Se é verdade que o mercado negocia corpos, trafica pessoas, barganha e aliena os seres humanos, é também verdade que nunca será capaz de vender almas, a essência mesma de cada um de nós.
 CELSO VICENTE MUSSA TAVARES


terça-feira, 16 de outubro de 2012

PAUSA


Um cafezinho
quase sempre 
aquece.
Outras vezes,
simplesmente
tece
pensamentos
de fumaça e silêncio...

UM OLHAR SOBRE MONET

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

TODA FLOR!

Hoje estou para jardins...
É que o sol rega as minhas sementes,
 e a força da vida me convida a alma
 a ser toda FLOR!... 
(Foto de autor desconhecido)

sábado, 13 de outubro de 2012

EM TOM PASTEL...


Na vida, os tons pastéis me evocam pedaços de memória... -
 daqueles que ficam guardados há anos e que,
 num belo dia, a saudade desembrulha para recordâncias...
É quando infinidades de mim vêm à tona 
e convocam suaves emoções para a valsa dos tempos!...

(Imagem de autor desconhecido)

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

REENCONTRO

Quando verdadeiramente voltarmos a cirandar 
com a nossa criança interior, 
o mundo será força e ternura,
 delicadeza e canção!...

BREVE EXPLICAÇÃO


SETEMBRO se foi, e eu nem estive por aqui...
(O tempo passa em alta velocidade...)
Este tem sido um ano de muitos afazeres, por isso há poucas postagens neste espaço, que criei para oásis...
Mas ainda é PRIMAVERA!... 
Os jardins preparam belas florações!...
(Alimento-me dessa certeza e volto para novas brotações!...)

Um feriado cheio de cor e luz para todos vocês!

(Foto de autoria desconhecida)

domingo, 9 de setembro de 2012

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

O PODER DAS PALAVRAS

"MUDE SUAS PALAVRAS
MUDE O SEU MUNDO!"

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

PACIÊNCIA

Porque a "VIDA É TÃO RARA" , 
"TUDO PEDE UM POUCO MAIS DE CALMA",
 afinal "NÃO TEMOS TEMPO A PERDER"...

ESSENCIAL É...

Aprender que
"A MEDIDA DO AMOR
É AMAR SEM MEDIDA."

SANTO AGOSTINHO
Imagem de autor desconhecido

domingo, 2 de setembro de 2012

sábado, 1 de setembro de 2012

PARA SAUDAR SETEMBRO...


O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo...

ALBERTO CAEIRO

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A CADA NOVO DIA...


O dia amanheceu como portal de luz!...
Abro os meus olhos para ver melhor, saúdo as bênçãos
 e rogo à alma que faça o exercício de cada dia!...

Desconheço a autoria da foto

sábado, 25 de agosto de 2012

ESPERA E SEMEADURA


Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.
Se for para semear,
então que seja para produzir
milhões de sorrisos,
de solidadriedade e amizade.

CORA CORALINA

AMOR - FUNDAMENTO DA VIDA!


quinta-feira, 23 de agosto de 2012

LOBATEANDO...


Vai fazer parte dessa turma?
L  E  I  A!...

NECESSIDADE


Ando precisando tanto de uma... 

sábado, 18 de agosto de 2012

PAZ!...



É o que eu sinto
quando, aos meus olhos,
a VIDA se faz plena
de significado e poesia!...

Um domingo repleto de 
ESSÊNCIAS para você!...

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

DA ARTE DE ENVELHECER BEM...


VELHAS ÁRVORES
Olavo Bilac


Olha estas velhas árvores, - mais belas,
Do que as árvores mais moças, mais amigas,
Tanto mais belas quanto mais antigas,
Vencedoras da idade e das procelas...

O homem, a fera e o inseto à sombra delas
Vivem livres de fomes e fadigas;
E em seus galhos abrigam-se as cantigas
E alegria das aves tagarelas...

Não choremos jamais a mocidade!
Envelheçamos rindo! Envelheçamos
Como as  árvores fortes envelhecem,

Na glória da alegria e da bondade,
Agasalhando os pássaros nos ramos, 
Dando sombra e consolo aos que padecem!

(Imagem de autor desconhecido)

segunda-feira, 30 de julho de 2012

domingo, 29 de julho de 2012

TOMARA...

"Que nenhuma friagem 
seja capaz de encabular 
nosso calor mais bonito"!...
Ana Jácomo

sábado, 28 de julho de 2012

CRISTALINO...

(Há momentos em que certas palavras nos traduzem em cheio...)

Navegar é preciso...
(FERNANDO PESSOA)


A vida segue como um rio...
que desvia e nunca para!
Por vezes, uma tristeza barrenta
revolve o fundo até a dor decantar.
Por outras, uma saudade montante
que o faz transbordar.
A vida segue como um rio...
cristalino para quem souber navegar!

WANIA
( Do "Encantaventos")

( Imagem de autor desconhecido)

quinta-feira, 26 de julho de 2012

VARIAÇÕES SOBRE O INVERNO

Sarah Kaye
É inverno de novo...  
Chega de manso, com seus sinais, e nos convoca à interiorização; ensina-nos a mergulhar profundo no silêncio das horas , onde a vida se renova. 
É no frio, no incontrolável tremor que ele provoca, na rigidez precisa de seu toque, que sentimos o real valor de tudo o que nos aquece. Ouvimos o tempo passar lento e, em seu abraço de quietude, achamos colo e aconchego...
Sentir frio causa arrepios, por isso vestimos agasalhos. 
Sentir frio potencializa ausências, então buscamos companhia. Sentir frio revira os baús dos pensamentos onde ficamos imersos em lembranças e possibilidades...
São assim os dias invernais: um tanto calados e bocejantes; convites a leituras e recolhimento... O  frio de suas noites põe as almas em concha; pede partilhas de cobertas, lareiras, conversas, ternuras, costelas - com taça de vinho por complemento. Em seus domínios, a vida gera e espera a brotação vindoura.
(Tudo o que afaga tem os tons do inverno...)

*********************************************************
O ETERNESSÊNCIAS quer saber:

quarta-feira, 25 de julho de 2012

CORUJINHAS

-Quem disse que são feinhas?
Para mim são só ternura e sensibilidade!...

segunda-feira, 23 de julho de 2012

MOMENTOS...


PERGUNTA

( A nossa parte é fundamental 
para a construção de um mundo mais solidário e feliz!...)

sábado, 21 de julho de 2012

DOM

    "Estio" - Mariano Esteban

Quando o sopro da vida
acende o dom
que a alma escondeu,
então é festa de estrelas,
clarividência em pauta azul,
harmonias infindas,
água de memória,
neutralizando
excessos
e formalizando
caminhos...

Tudo é
sentido e transcendência
quando a essência
se revela
e deixa no peito
a sensação de estio...

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...