sábado, 19 de abril de 2008

HOMENAGEM SIMPLES


( MONTEIRO LOBATO -1882-1948 )



Ontem -18 de abril - foi dia de recordarmos MONTEIRO LOBATO, um dos grandes incentivadores da cultura nacional. Esta data de aniversário do escritor também foi escolhida para se destacar a importância do livro na formação de todo cidadão.

Quem nunca ouviu falar da Dona Benta , dos seus netos , da turma do Sítio do Picapau Amarelo e do famoso caipira chamado Jeca Tatu? Todos esses personagens povoaram a minha infância e alimentaram o meu imaginário! Quando menina, li sua obra dedicada às crianças e, hoje, como professora de Literatura, tenho a alegria de trabalhar com seus textos direcionados aos adultos.

Mente crítica e obstinada a promover o crescimento do país, Lobato foi um dos grandes nomes do Pré-Modernismo; sua ação, além do círculo literário, se estendeu ao plano da luta política e social. Seu ideal era um Brasil moderno, estimulado pela ciência e pelo progresso. Foi , antes de tudo, um extraordinário contador de histórias, de casos interessantes, sem perder a oportunidade de, num estilo cuidadoso, criticar certos hábitos brasileiros, como a cópia de modelos estrangeiros, nossa subserviência ao capitalismo internacional, a submissão das massas eleitorais, dentre outros. Destacou-se também como um dos primeiros autores de literatura infantil em nosso país e em toda a América Latina.




PALAVRAS SOBRE ELE:


"Lobato nunca fez literatura por literatura.
Poucos escritores
botaram tanta intenção, tanto sofrimento,
tanta preocupação, tão sério amor nos seus livros e nos seus artigos como o fez ele em sua literatura combativa e tantas vezes combatida."


ORÍGENES LESSA



"A Lobato deve muito o Brasil. Em primeiro lugar, o exemplo magnífico e raro do intelectual que não se vende e não se aluga, não se coloca a serviço dos poderosos ou dos sabidos. Depois, foi ele um homem de ação e um descobridor. Devem-se a ele a campanha do livro e a campanha do petróleo.
Foi o criador da nossa literatura infantil."

OSWALD DE ANDRADE



PALAVRAS DELE:


"Um país se faz com homens e com livros."


"Assim como é de cedo que se torce o pepino,
também é trabalhando a criança
que se consegue uma boa safra de adultos."



"A coisa que menos me mete medo é o futuro."


"Estou condenado a ser o Andersen desta terra -
talvez da América Latina."




"Ainda acabo fazendo livros
onde as nossas crianças possam morar."
********




4 comentários:

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

“Quem mal lê mal ouve, mal fala e mal vê”. (Monteiro Lobato).

Linda menina,
Que imagem doce a das meninas com o livro nas mãos!
Relembro também que dia 18 de abril é o Dia do Livro Infantil, justamente por ser esse o dia do nascimento de Monteiro Lobato, precursor da obra literária infantil no Brasil.
Também eu, em minha infância, me envolvia com os personagens da literatura de Monteiro Lobato, em especial os do Sítio do Picapau Amarelo que me encantavam e povoavam meu imaginário, tal como você; tempo que temos saudades e que hoje lamentamos o fato das atuais crianças não saborearem e aproveitarem da mesma forma.
Beijo,
Benja.

Ela disse...

Eu simplesmente admiro muito o que ele escreve.
Ja foi base de muito projetos mágicos no mundo da leitura.

Mel disse...

Rose, impossível não relacionar Monteiro Lobato com a minha infância!

Obrigada pela lembrança que nos deixaste aqui!

Beijos e bom feriado pra ti também!

http://casualeblog.wordpress.com/

Marilac disse...

Querida Rose,
Repito as palavras da Mel:
" impossivel não relacionar Monteiro Lobato com a minha infância!"

Ganhei dos meus pais a coleção de Monteiro Lobato, eram livros grandes em tons de verde escuro mostrando os personagens do sitio na capa.
Eu que já adorava ler , mergulhei encantada naquele mundo mágico do Sítio do Picapau Amarelo,das historias da Tia Anastacia, das aventuras da emilia e tantas outras...

Adorei lembrar essa epoca e conhecer um pouco mais sobre Monteiro Lobato através do seu post.

Bjs
Marilac

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...