quinta-feira, 23 de outubro de 2008

PALAVRAS ETÉREAS ...

[ Pela poesia de Cecília Meireles,
conhecemos a transparência das palavras,
capturamos o inefável,
traduzimos a vida com mais sensibilidade e leveza... ]
DO EXISTIR:

"...Faze-te sem limites no tempo.
Vê a tua vida em todas as origens.
Em todas as existências.
Em todas as mortes..."
******
DO FALAR:
"...Não fales palavras vãs.
Desfaze-te da vaidade triste de falar.
Pensa, completamente silencioso,
Até a glória de ficar silencioso,
Sem pensar."
*******
DO SONHO:
"...Troca o teu curto sonho humano
Pelo sonho imortal.
O único..."
******
DA RENÚNCIA:
Sê o que renuncia
Altamente:
sem tristeza da tua renúncia!
Sem orgulho da tua renúncia!
Abre a tua alma nas tuas mãos
E abre as tuas mãos sobre o infinito.
E não deixes ficar de ti
Nem esse último gesto!"

( Fragmentos poéticos de CECÍLIA MEIRELES )

( Imagem de autor desconhecido)

3 comentários:

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

“Sorela”,
Linda e importante seleção!
Além de etéreas, são palavras eternas que deveríamos guardar em nossos corações. Pois nos orientam para uma vida ESPIRITUAL.
Beijo de carinho do “fratello”,
Benja.

Mel disse...

Pois no momento em que nos entregamos, confiamos. Doação de nós mesmos... E principalmente, nos entregarmos completamente para Deus, para que Ele cuide de nossas vidas e nos fala andar por luz.

Que post maravilhoso, Rose.
Obrigada por esta sensação de leveza!

Beijos e bom fim de semana!

Donaella disse...

Eu sou viviada em cecília!!
"O mar, de língua sonora,
sabe o presente e o passado.
Canta o que é meu, vai-se embora:
que o resto é pouco e apagado."
E ela tb sabia que era boa e é!
:*

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...