quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

REEDITAR-SE

[ Porque todo dia é tempo de inscrição na vida;
todo dia nos pede um gesto novo,
uma palavra fértil, um olhar menino...]
( Imagem de autor desconhecido )
Viver é reeditar-se diariamente
Entre palavras e gestos, renascendo
A cada dia, e sempre lentamente
Como uma criança crescendo...
E cada dia é um dia diferente
Por isso é que é vivendo e aprendendo...
Viver é reeditar-se avidamente
Como um riacho correndo...
Nada acontece da mesma maneira.
Uma segunda-feira e outra segunda-feira
Não são exatamente o mesmo dia...
Reeditar-se. E a única certeza
É estar em paz com a própria natureza,
É estar de bem com a própria poesia...
Luís Alberto Mussa Tavares
* Este poema foi dedicado a Roberta Profice pelo seu autor *

7 comentários:

Beth/Lilás disse...

Ah, como tento isso há exatos 55 anos!

bjs cariocas

Cris Animal disse...

A natureza se reedita todos os dias, não é mesmo?
Ela é a grande Mestra. Basta olhá-la e fazer o mesmo.
Linda poesia....
reeditr é viver o amanhã que amanhece em nós. Mais uma vez!
beijo...........Cris Animal

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Belo, “Sorella”!
“Olhar menino...”, buscar a semelhança com as crianças é o que nos pede o nosso Senhor, a pureza, a delicadeza, a gentileza e, principalmente, a vontade e a disposição de aprender sempre dos pequeninos. “Todo dia é tempo de inscrição na vida”, todo dia é tempo de renovar-se, é uma nova oportunidade ofertada por Deus para nossa melhoria íntima, ou como fala nosso amigo poeta, “viver é reeditar-se diariamente...” “renascendo a cada dia...”. Quanto tempo perdemos nos esquecendo desta reedição diária, repetindo velhos hábitos.
Com ternura,
Benja.

Mel disse...

Rose, deu uma saudade daqui...

:)

Juro que tento fazer isso diariamente... Reeditar-me... Reinveinatr-me... E acreditar nisso tudo!

Beijocas!

Carol Timm disse...

Querida Rose,

Recebi seu recado pelo Benja e sei que tenta visitar os amigos como eu.

Comigo acontece de estar com alguns probleminhas de saúde, que me obrigam a ficar a maior parte de tempo de pernas para cima (literalmente) quando estou em casa.

Por isso, acesso pouco o micro e ainda nem terminei as compras de Natal...

Foi mais uma daqueles finais de ano super agitados. Curso, reuniões, fisio, acupuntura, pilates, Festa da Empresa, Apresentação do Coral... me desdobrei em muitas, mesmo assim os blogs, tive que abandonar um pouco.

Vou voltando a blogosfera devagar, quando dezembro serenar, ou janeiro do Ano-Bebê, como diz uma amiga, chegar mesmo...

Mas quero te desejar um maravilhoso Natal, cheio de paz, amor e carinho que você merece!

Beijos,
Carol

adelaide amorim disse...

Rose querida, tudo verdade, a gente é que às vezes esquece.
Obrigada pelos bons votos, e que seu Natal seja uma festa e uma bela reedição que dure todo o ano de 2009.
Beijo.
PS: Você conhece Anna Sharp? Vi a entrevista dela na Marília Gabriela e achei sensacional. Acho que você iria gostar muito de um dos livros dela.

Beth/Lilás disse...

Tem presentinho de natal prá você lá no blog.
bjs cariocas

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...