quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

EXERCÍCIOS DE RECOMEÇO

[ Porque o ANO só começou...]


"Falo de uma tentativa real de recomeçar, até onde é possível: com um olhar um pouco diferente para pessoas a quem normalmente não temos tempo de abordar. Gente que nos interessa independente do status, grana, importância e possível utilidade.
Falo de uma entrada em um novo ano abrindo as portas e janelas da casa e da alma. Sem frescura, sem afetação, sem mau humor, sem pressão nem formalidade. Pensando que a gente poderia ser mais irmão, mais amigo, mais filho, mais pai ou mãe, mais humano.
Começar, não com planos mirabolantes que não se podem cumprir, mas inventando novos modos de querer bem, sobretudo a si mesmo. Sem isso não tem jeito de gostar dos outros de verdade. O bom é entrar num novo ano sem lamentações inoportunas, sobretudo sem acusar: o destino, o outro, o pai, o chefe, a vida."
LYA LUFT em "Em Outras Palavras"

4 comentários:

Beth/Lilás disse...

Lindas e profundas palavras!
É isso mesmo que devemos fazer, mas acabamos entrando no dia a dia das frustrações ou ansiedades da vida e esquecemos desses valores tão importantes.
bjs cariocas

Mel disse...

Rose, eu confesso que estou fazendo o possível para recomeçar, para mudar a cada dia que passa. Tem sido a minha luta, o meu exercício, e sei o quanto difícil é. Mas possível.
beijos

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Palavras realmente sábias, querida “Sorella”!
Recomeçar, pois, como dizia o Chico, sempre é tempo de se construir um novo fim.
Que possamos compartilhar mais, sermos mais fraternos e próximos uns dos outros, dando-nos as mãos para superarmos, mais facilmente, as dificuldades pessoais e coletivas neste longo caminho da EVOLUÇÃO.
Beijo de carinho e gratidão,
Benja.

Ela disse...

Quem levantar o dedo bem rápido, tem direito a recomeçar assim?????????????www

Eu quero

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...