quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

CONSCIENTIZAÇÃO


"Em vez de procurarmos o bem-estar a qualquer preço - matando, pilhando, explorando, mentindo, esmagando os outros para lhes extorquirmos aquilo que cobiçamos -, reconhecemos que a usurpação da felicidade tem resultados nefastos, tanto em nível pessoal como planetário. Exemplos não faltam.
Chegamos a um momento da história em que, mais do que nunca, os métodos de busca da felicidade utilizados no mundo ocidental se revelam contraproducentes. Mas adotar a visão extremista de abandonar os aviões e voltar aos carros de bois, jogar fora os celulares e voltar aos pombos-correios também não resolve nada. Não podemos responsabilizar o desenvolvimento da ciência pelas catástrofes ecológicas à beira das quais nos encontramos, mas sim a falta de ética, a ganância e a cegueira diante da interdependência dos seres e dos fenômenos.
(...) Não existe um sistema político que possa mudar a sociedade composta pelos predadores que somos. Para que tal mudança se opere (...), devemos adotar uma ética secular e inculcar nos nossos filhos a consciência de que o bem-estar que desejam não pode ser obtido em detrimento dos outros. Se queremos assegurar a sobrevivência da humanidade e do planeta, torna-se indispensável encontrar uma ordem de valores que nos sirva de referência e que esteja na base das nossas opções individuais e coletivas. E a base dessa ordem de valores tem de ser o respeito pelos outros e pelo mundo, a bondade, a dignidade e um sentido de responsabilidade planetária baseados no conhecimento da profunda conectividade que existe entre tudo."
Do livro "A ARTE DA VIDA -
os fundamentos do Budismo",
de Tsering Paldrön

Fotografia: "Photobucket"

4 comentários:

Cris Animal disse...

Caramba...pensamos a mesma coisa.....rs
Ontem de madrugada postei algo falando sobre isso. Como ativista posso garantir uma coisa: há quase zero de chance para reverter o planeta, mas o fio de esperança que corre depende PRINCIPALMENTE de todas as nossas atitudes diárias e elas não são tomadas, pq nos acostumamos a velha vidinha de conforto do século 21.
estamos morrendo e rindo....triste realidade!
Gargalhamos pela agonia de todo um planeta.
E vamos indo assim, pq achamos mais "fácil".
beijo pra vc
..............Cris Animal

Mel disse...

Pois é, Rose...
Devemos nos sentir e nos perceber parte do planete e só assim cuidaremos melhor de nós mesmos e de nossa casa!
Beijos!
:)
É tudo uma questão de cuidado, de informação e educação.

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

“Sorella”,
É de lamentar que tais valores como respeito, bondade, dignidade, honestidade, dentre tantos outros, estejam tão esquecidos pelos homens. O desenvolvimento e o progresso fazem parte da lei de Deus. É o esfriamento do amor, como predisse o Senhor, se multiplicando nos corações, que determina o individualismo egocêntrico e nos faz esquecer que a verdadeira FELICIDADE está em compartilhar a vida, em saber dividir e doar todo o bem e amor possíveis para com o outro e com a nossa mãe Terra.
Um beijo terno,
Benja.

Beth/Lilás disse...

Sim, Ética e amor à Terra!
Escrevi sobre isso ontem, quando encontrei o filósofo L.Boff numa padaria. Veja lá o post.
Adorei esse texto!
bjs cariocas

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...