segunda-feira, 30 de março de 2009

VARAL DE OUTONO

Impresso nas folhas,
o tempo
faz
ro do
pio
de vento;
sussurra o prazo
da estação.
A natureza
entoa silêncio
enquanto a vida
amarelece.
Sinto um prenúncio
de encantamento.
Sob o varal,
o Outono cresce...
FONTE DA IMAGEM: Photobucket


6 comentários:

Beatriz disse...

Lindo poema. Adoro o outono, ainda bem que ele chegou.

bjo

Cris Animal disse...

Rose que lindo poema, linda foto...linda saudação ao outono e...as folhas caem em toda a sua poesia e esplendor!

beijo
..............Cris Animal

Carol Timm disse...

Rose,

É tão bonito o Outono que se inicia aqui neste seu poema...

Beijos,
Carol

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

“Sorella”,
É a vida em seu curso natural. Perceber cada fase e ir aprendendo com elas é sinal de sabedoria. Chega o momento de fazermos silêncio e sentirmos melhor a criação e seu Criador. Tempo de calmaria, delicadeza e verdade; de amadurecimento da Fé e do Amor.
Beijo de carinho,
Benja.

Mel disse...

Por aí o outono traz poesia!
Por aqui a chuva dá tréguas para que o sol brilhe!
Beijos pra ti, Rose!
Mel

[margarida] disse...

Que lindo! Que lindo!!

Poderá também gostar de :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...